Caminho das Pedras

icone site

Não é de hoje que as gerações passadas vem influenciando nossas cabeças sobre o tão sonhado sucesso da casa própria, pelo menos pra mim, sempre escutei as frases feitas “quem casa quer casa” ou “quem tem terra não erra” ou “construa uma casa e bote para alugar e viva dos alugueis”. Bom, eu prefiro ficar com a minha, “minha casa minha FII.da”.

Não entrarei no mérito de defender lado “A” ou lado “B”, até por que já tem post no blog sobre Comprar ou alugar um imóvel? mas gostaria de compartilhar a minha experiência sobre o assunto.

Acumulo de patrimônio

Nos últimos dez anos venho juntando dinheiro sem ter um objetivo, muito mais como uma reserva ou na minha cabeça “quando quiser comprar alguma coisa já vou ter o dinheiro”. Porém nos últimos dois anos venho estudando e conhecendo melhor sobre o mercado financeiro, investimentos e FIRE. O que me fez mudar bastante da opinião dos meus pais e dos pais deles, de que o objetivo e resumo da felicidade e sucesso da vida é comprar a casa própria.

Então, pra mim, se minha definição de sucesso e de felicidade são ter mais liberdade e mais tempo, não faz sentido me comprometer a passar os próximos 30 anos pagando uma dívida de um local que nem sei se será o ideal para toda a vida.

Imagina você nos seus vinte e poucos anos comprando um apartamento de dois quartos, mas você nem sabe se quer ter um, dois, três ou nenhum filho. Ou no momento que comprou esse apartamento você queria ter um pequeno Chihuahua só que alguns anos depois vê que prefere um Pastor Alemão, como faz?

De todo modo, pode revender ou botar para alugar mas são opções bem mais demoradas e estressantes para resolver. Então se quero menos estresse, mais liberdade e não quero viver endividado, e ainda estar exposto ao setor imobiliário, meu caminho foi investir nos Fundos de Investimentos Imobiliários (FII).

Viver de renda 

Então hoje decidi que os FII’s representariam 35% da minha carteira, 35% de todo meu patrimônio voltado única e exclusivamente gerar o meu “aluguel mensal”. Essa classe de ativo pode ser bem diversificada deixando mais seguro o seu investimento caso algo aconteça.

Os FII’s são conhecidos como bons geradores de renda passiva pois essa classe de ativo paga mensalmente. O que te faz ter um melhor planejamento da sua renda e dos seus gastos.

Na minha carteira hoje tenho:

 

 

Essa divisão me protege de riscos de algum possível problema que algum desses setores possam ter. Por exemplo os fundos imobiliários de shoppings pararam de pagar os rendimentos mensais em 2020 pois na pandemia todos os shoppings estavam fechados.

Então, caso eu tivesse apenas esses fundos de shoppings eu estaria com sérios problemas. 

Atualmente minha carteira de FII’s me proporciona uma renda passiva de uns R$: 350,00 reais em média. 

 

Logicamente essa renda foi sendo construída lentamente com os investimentos mensais. Hoje continuo reinvestindo os dividendos/rendimentos que os ativos me geram.

Então, a ideia é que quanto mais cotas desses ativos eu comprar, mais rendimentos no mês seguinte vou receber e mais cotas vou conseguir comprar no outro mês. Como todos dizem, é uma bola de neve, só tem que começar, largar no topo da montanha que ela vai crescer e crescer quase que sozinha depois.

Busque sempre investir, todos os meses religiosamente pois quando menos esperar, terá neve pra tudo que é lado.

 

Seguimos juntos nessa caminhada até a independência financeira.

Grande abraço pessoal!

Sigam as redes sociais para mais conteúdo:
INSTAGRAM:

YOUTUBE:

 

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Rolar para cima