Caminho das Pedras

icone site

Essa semana tivemos a primeira medida econômica rumo ao um cenário mais favorável para os investimentos em renda variável.

O Banco Central reduziu a taxa de juros para 13,25% o que significa um corte de 0,5 % de uma só vez. O que já era de desejo do presidente Lula há muito tempo. Depois de diversas evidencias que o país encontra-se em um cenário deflacionário, onde a cada mês a inflação diminui exatamente devido as medidas de aumento da taxa Selic.


O que fazer com os seus investimentos?

Em um cenário de diminuição da taxa de juros, algumas estratégias e ações podem ser consideradas para ajustar sua abordagem financeira:

  1. Refinanciar dívidas:

    • Com a redução da taxa de juros, é possível que os custos de financiamento também diminuam. Isso pode ser uma oportunidade para refinanciar dívidas existentes a taxas mais baixas, o que pode resultar em economia de dinheiro ao longo do tempo.

  2. Investir em ativos de maior risco:

    • Com a taxa de juros mais baixa, é provável que os rendimentos de ativos de baixo risco, como títulos do governo, sejam menores. Portanto, os investidores podem considerar alocar parte de seus recursos para ativos de maior risco, como ações ou fundos de investimento, buscando maiores retornos.
    • Em um cenário que a taxa Selic diminui, o índice do Ibovespa aumenta, tanto devido a diminuição do interesse sobre a renda fixa como sendo um cenário mais favorável de crescimento de empresas como de varejo por exemplo. Juros baixos significa mais vendas e consequentemente maiores lucros para as empresas.

  3. Revise sua carteira de investimentos:

    • É um bom momento para reavaliar sua carteira de investimentos e garantir que ela esteja alinhada aos seus objetivos financeiros de longo prazo. Dependendo do seu perfil de risco e tolerância a perdas, pode ser necessário ajustar a alocação de ativos.

  4. Considere investimentos em imóveis:

    • A redução da taxa de juros pode tornar o financiamento imobiliário mais acessível, o que pode ser uma oportunidade para investir em imóveis ou até mesmo refinanciar uma propriedade existente para obter melhores condições de pagamento.
    • Outro investimento de alto potencial de crescimento em um cenário de diminuição da taxa de juros é o investimento em Fundos de Investimentos Imobiliários. Da mesma maneira que as ações, esse tipo de investimento pertence a renda variável e também se comporta da mesma forma.

  5. Estimule o consumo consciente:

    • Com juros menores, pode haver maior disponibilidade de crédito e, portanto, maior facilidade de consumo. No entanto, é importante manter a responsabilidade financeira e evitar o endividamento excessivo. Priorize compras conscientes e evite se comprometer com dívidas desnecessárias.

  6. Crie uma reserva de emergência:

    • Em um cenário de taxa de juros mais baixa, os retornos de investimentos conservadores podem ser menores. Nesse sentido, é ainda mais crucial ter uma reserva de emergência para cobrir despesas inesperadas sem depender exclusivamente de investimentos de curto prazo.
    • Lembre-se que a diversificação da carteira e as definições das porcentagens que você estipulou para a sua carteira, irão te proteger dos riscos, então respeite as proporções de renda fixa e variável para que não fique muito exposto ao risco.

  7. Esteja preparado para mudanças futuras:

    • As taxas de juros são influenciadas por diversos fatores econômicos e políticos, e podem variar ao longo do tempo. Portanto, é importante estar atento às mudanças no cenário econômico e financeiro, adaptando suas estratégias de acordo com as circunstâncias.

Lembre-se de que qualquer decisão financeira deve ser tomada com base em seus objetivos pessoais, situação financeira e perfil de risco. Se necessário, procure o auxílio de um profissional financeiro para obter orientação personalizada.

 

– André Cruz –

 

Sigam as redes sociais para mais conteúdo:
INSTAGRAM:

YOUTUBE:

 

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Rolar para cima